aumentar as vendas

7 sinais que sua empresa precisa aumentar as vendas

A crise chegou, perdurou e não poupou ninguém. Ok, você já estava preparado para amargar algumas perdas no seu mercado em função desse cenário ruim que tomou conta da economia do país. Mas os efeitos piores estão passando, o noticiário já traz manchetes sobre a recuperação e, mesmo assim, o seu estabelecimento ainda não dá sinais de que vai conseguir aumentar as vendas. O que pode estar errado?

Talvez o problema já não seja mais “lá fora”, da crise, da economia. Pode ser o momento de olhar pra dentro do seu próprio mercado, suas práticas e estratégias e reavaliar se o que você está fazendo internamente está impactando negativamente a sua capacidade de aumentar os lucros.

Sem identificar esses sinais, nem mesmo uma economia saudável e sem crise vai salvar seu negócio. Veja a seguir alguns sinais de que sua empresa precisa aumentar as vendas e ajude seu mercado a acompanhar a recuperação da crise:

1. As contas não fecham

Este talvez seja o sinal mais claro de que você precisa fazer algo para aumentar as vendas do seu mercado. Se as contas não fecham, o dinheiro que entra das vendas não é suficiente para cobrir o dinheiro que sai com todos os custos do estabelecimento.

Reavalie o tipo de produto que você está ofertando – qualidade, variedade, a política de preços, as promoções. Certamente você vai encontrar detalhes que podem ser aperfeiçoados.

Não abra mão também de usar sistemas eficientes de controle de caixa e das compras do seu mercado. Pode ser que você esteja pecando em alguma fase do processo de controle de finanças do seu negócio.

2. Seu estoque está parado

As mercadorias se acumulam no estoque e nada parece sair do lugar. Está aí outro sinal de que você precisa aumentar as vendas. A propósito, este é um sinal vermelho, pois estoque parado é sinal de prejuízo – produtos correndo o risco de vencer, itens obsoletos, compras mal feitas com o fornecedor.

Para corrigir isso, revise toda sua estratégia de formação e gestão de estoque, desde os seus fornecedores até o volume e o tipo de produto que você estoca. Muitas vezes, você pode estar comprando demais os produtos que seus clientes têm de menos, por exemplo. Por isso, é importante conhecer seus consumidores pois eles também pode dar respostas sobre os motivos pro seu estoque parado.

Procure também fazer promoções para conseguir movimentar as mercadorias paradas.

3. Os clientes não se sentem confortáveis no seu estabelecimento

Você pode não levar muito a sério isso, mas talvez este seja um dos pontos críticos para você aumentar suas vendas: prestar atenção no ambiente de compra que você oferece aos seus clientes.

A experiência de compra do cliente é fundamental para estimular o consumo e cativar o cliente, para que ele volte a comprar de você. O conjunto de percepções que o consumidor tem do seu mercado é o que define a experiência de compra – desde aspectos físicos a aspectos sensoriais.

Se a organização das gôndolas do seu mercado é confusa, se os produtos não são de fácil acesso, se a loja não prioriza a circulação, se a limpeza não está de acordo, tudo isso contribui para que o cliente tenha uma experiência de compra ruim no seu estabelecimento. Com isso, ele vai comprar menos e retornar menos.

Portanto, pense em maneiras de tornar o seu mercado um ambiente mais acolhedor e convidativo para o consumo.

4. O atendimento do seu mercado não é dos melhores

Este sinal está diretamente relacionado com a experiência de compra mencionada no item anterior. Afinal, o atendimento também faz parte desse conjunto de percepções que o consumidor tem quando está comprando no seu estabelecimento.

Pode ser que você não consiga aumentar as vendas porque o atendimento de caixas, balconistas, repositores e outros funcionários não esteja à altura do que um consumidor deseja e precisa. Bom-humor, cordialidade, rapidez, prestatividade – tudo isso pesa na decisão de compra das pessoas.

Invista na reciclagem dos seus colaboradores, bem como em incentivos e metas para corrigir esse problema. Uma equipe bem treinada e mais motivada traz melhores resultados e te ajuda a aumentar os lucros.

5. Nem as promoções sazonais são suficientes para aumentar as vendas

Páscoa, Natal, Dia dos Namorados, Dia das Mães. Essas são datas propícias para dar aquele gás nas vendas do mercado com produtos sazonais. Se nestas datas comemorativas você não obtém resultados melhores, é mais um sinal de que você precisa tomar uma atitude para aumentar suas vendas.

Pode ser que você não esteja planejando corretamente as promoções para essas datas ou não tenha entendido muito bem o que os “eu cliente” quer em cada época. Analise bem o que fez anteriormente e veja o que é possível melhorar.

6. Você não faz ações em pontos de venda

Ações em pontos de venda, aquelas em que um promotor faz propaganda “ao vivo” de um determinado produto, fazem toda diferença na hora de estimular o consumidor a comprar mais.  Elas aumentam a visibilidade de um produto, facilitam a decisão de compra e são um incentivo para que o cliente adquira um produto que talvez ele nem tenha incluído na lista de compras.

Se você não faz ações desse tipo, ou se faz com pouca frequência, está jogando fora uma oportunidade importante para aumentar as vendas. Veja como você pode realizar essas promoções com mais frequência e inclua-as na rotina do seu estabelecimento.

7. Há uma alta rotatividade de clientes

Você não consegue reter clientes? Esta pode ser outra pista para entender porque você não consegue aumentar as suas vendas. Já é consenso no mundo dos negócios que clientes fiéis – aqueles que compram sempre de você – podem ser responsáveis por até 65% das vendas de um negócio.

Portanto, invista em ações de fidelização para incrementar suas vendas. Um programa de fidelidade, que recompensa os clientes que compram mais, além de estratégias para melhorar o atendimento e a experiência de compra (conforme itens anteriores) podem impactar diretamente nesse aspecto.

Para ter resultados ainda melhores, faça o download do nosso ebook com estratégias para aumentar as vendas do seu estabelecimento

Deixe um comentário:

Newsletter

Receba todas nossas novidades