atacado e varejo

Atacado e Varejo: Como criar estratégias de vendas diferenciadas para cada setor

Todos nós sabemos que existem duas formas principais de comércio, o atacado e o varejo. Mas, será que todos conhecem as diferenças entre uma e outra? São formas distintas e com diferentes estratégias de vendas. Vamos ver como cada uma funciona.

Diferenças entre atacado e varejo:

Atacado é a forma de comércio na qual o cliente normalmente adquire uma grande quantidade de um mesmo produto. Normalmente, os clientes desta modalidade são empresas ou pessoas que possuem CNPJ (pessoas jurídicas) e que geralmente trabalham com grandes cifras.

O varejo, por sua vez, se destina à pessoa física. Clientes que compram uma quantidade menor e de produtos variados, apenas para consumo próprio. Agora que já sabemos a diferença entre um e outro, vamos ver como cada um aplica suas estratégias de vendas.

Estratégias de vendas para o atacado:

  • Estar bem preparado: Neste tipo de comércio, a negociação é realizada com um comprador profissional e cuja decisão se baseia em dados e objetivos que resultem na melhor compra. O atacadista deve estar bem alicerçado para manter o diálogo com o comprador. Conhecer só o seu negócio não basta. É necessário conhecer o mercado, os concorrentes e as necessidades dos clientes que deseja atender.

  • Oferecer resultado: Preço baixo apenas não gera o melhor resultado, mesmo porque um concorrente sempre poderá oferecer um preço menor. Importante mesmo é o valor agregado, as soluções lucrativas. Muitas vezes, ao invés de baixar o preço, podem ser oferecidas outras formas de redução de custos, como otimização de processos, aumento das vendas, melhor uso de insumos e recursos e elevação do retorno de investimento.

  • Relação comercial: No atacado, a intenção é manter relacionamentos comerciais duradouros, não apenas uma venda pontual. O ideal é estruturar uma parceria com o cliente baseada na confiança e eficiência, e na qual ambos possam ter um resultado positivo. Neste ponto, é muito importante dar atenção especial ao pós-venda.

  • Referências: O bom comerciante ou representante de uma empresa de atacado deve ter sua reputação reconhecida e referenciada pelo mercado em geral, não somente por seus clientes específicos. Clientes satisfeitos acabam fazendo referências para seus parceiros de negócios e geram assim novos contatos comerciais.

Estratégias de vendas para o varejo

  • Fidelizar clientes: Cliente fiel retorna muitas vezes, além de fazer propaganda do comércio para sua rede de relacionamentos. Por isso, é importante encantar o cliente e proporcionar atrativos e formas que o façam querer voltar sempre ao mesmo estabelecimento.

  • Conforto e praticidade: Todo cliente gosta destas duas palavrinhas. Portanto, os lojistas devem se esforçar para que o cliente se sinta à vontade dentro da loja, oferecendo um ambiente agradável, uma apresentação fácil mas cuidadosa dos produtos e uma equipe de vendedores bem identificada e atenciosa.

  • Equipe treinada: Atendentes ou vendedores e caixas bem capacitados podem garantir um ótimo resultado para o negócio. Afinal, o atendimento é um dos pontos principais para gerar satisfação nos clientes e potencializar as vendas.

  • Conhecer o cliente: Conhecer o público alvo é a melhor maneira de conduzir as ações de forma adequada e, com isso, trazer melhores resultados para o negócio. É fundamental saber como atrair o cliente com estratégias de marketing bem direcionadas e com vendedores preparados para uma abordagem efetiva. Com dados a respeito de seu público é possível planejar melhor suas estratégias.

Consegue distinguir agora as particularidades entre atacado e varejo? Compartilhe conosco alguma estratégia diferente que você utilize em seu negócio, seja atacado ou varejo.

Deixe um comentário:

Newsletter

Receba todas nossas novidades