sazonalidade

Meta diária de venda VS sazonalidade semanal de consumo

Você já percebeu que alguns produtos vendem mais em certos períodos do ano? Um caso clássico é o de uma sorveteria, que vende mais durante o verão do que o inverno. Nesse exemplo, o estabelecimento deve ter uma meta diária maior durante os meses mais quentes do ano. Essa oscilação nas vendas é chamada de sazonalidade.

Cada produto e serviço tem o seu período de sazonalidade, que reflete em picos e quedas nas vendas. Neste artigo vamos explicar o que é sazonalidade e como ela influencia na meta diária do seu negócio. Vamos lá?

O que é sazonalidade?
Sazonal significa algo que é temporário e ocorre em um período específico. Em um estabelecimento, a sazonalidade acontece quando um fator externo diminui ou aumenta a demanda. Dessa forma, ela influencia de forma positiva ou negativa as vendas.

De que maneira a sazonalidade influencia as vendas?
Períodos de aquecimento e declínio nas vendas são normais e eles existem por vários motivos, como estações do ano, datas comemorativas, eventos e crise econômica.

Na sazonalidade positiva ocorre um aumento na demanda por certos produtos, por exemplo, durante o inverno cresce a procura por amaciantes e sabões em pó porque as pessoas costumam lavar as roupas de frio e cobertores para serem usados nessa época.

Enquanto que na sazonalidade negativa acontece uma queda na demanda prejudicando as vendas. Ainda utilizando o exemplo do inverno, existe uma queda na venda de produtos com cloro pois ele pode causar problemas respiratórios, que são comuns nessa época do ano.

Como bater a meta de venda de acordo com a sazonalidade?
Não levar em consideração a sazonalidade de consumo pode afetar diretamente o faturamento. Por isso, temos 5 dicas sobre como atingir a meta diária de venda. Fique atento e confira!

1. Entenda a sazonalidade dos seus produtos
No longo prazo, os períodos de sazonalidade positiva podem ofuscar os períodos em que ela estava negativa dificultando a avaliação dos resultados. Dessa forma, uma análise detalhada é essencial para identificar quais são os períodos de picos e de quedas de vendas dos produtos.

2. Tenha um planejamento de marketing
O melhor amigo da área de vendas é o marketing. Depois de entender quais são os períodos de sazonalidade positiva e negativa dos produtos, é possível planejar as campanhas, as ações de divulgação, a precificação e até qual é o melhor momento para lançar um novo produto.

Com esse planejamento será mais fácil se organizar e prever os custos, a margem de lucro e o estoque necessário para cada período do ano. Uma estratégia muito utilizada é fazer promoções, porém, ela não se resume a simplesmente reduzir os preços. Entenda o comportamento do seu cliente para oferecer os produtos de forma mais atrativa para ele.

3. Analise a sua meta de venda
Após seguir as 2 primeiras dicas, você deve ter percebido a necessidade (ou não) de rever a sua meta diária. Apesar de o propósito ser sempre vender mais, ter metas são importantes para guiar a empresa em direção a um objetivo em comum. Caso seja preciso redefinir as metas, leve em consideração os passos a seguir:

Passo 1: Analise o seu mercado de atuação
Pesquise sobre o seu mercado de atuação para descobrir em qual ritmo ele está crescendo e a sua estimativa de expansão. Essa informação pode ser encontrada nos jornais, na internet ou no sindicato e ela é importante para entender como está o cenário externo.

Passo 2: Leve em consideração o momento atual da empresa
Uma análise do cenário interno também é importante. Não deixe de considerar o histórico de vendas, os investimentos realizados nos últimos anos e a capacidade atual de fazer um atendimento de qualidade para definir as metas de forma mais realista.

Se você tiver colaboradores peça a opinião deles sobre como estão as vendas e quais as oportunidades que eles enxergam para o negócio. Além de trazer uma nova perspectiva, esse gesto também vai motivar a equipe.

Passo 3: Use o método SMART para definir as metas
O Método SMART é utilizado por muitos gestores no momento de definição das metas. Segundo essa metodologia, as metas possuem 5 características: específicas, mensuráveis, alcançáveis, relevantes e temporais.

Uma meta específica é fácil de ser entendida e possui um responsável para realizá-la. Ela deve ser traduzida em números ou porcentagem para ser mensurada, mas não deve ser impossível de ser alcançada. E, além disso, a meta deve ser importante para a empresa e deve ter um prazo para ser cumprida.

Passo 4: Acompanhe os resultados
Com a meta diária de venda definida chegou a hora de acompanhar os resultados. Com uma análise frequente vai ser mais fácil identificar o que precisa ser melhorado e o que está dando certo para mudar a estratégia se for necessário.

4. Faça uma boa gestão de estoque
Já pensou ficar sem mercadoria durante o período de maior venda? Ou ver os produtos “encalharem” porque parte do estoque não foi vendido? Ambas situações prejudicam o fluxo de caixa da empresa e, por isso, devem ser evitadas.

Para fazer uma boa gestão de estoque é necessário levar em consideração o histórico de vendas ao longo do ano para investir somente o necessário. Além disso, seja organizado e analise a demanda para ter sempre no estoque os produtos mais vendidos.

5. Crie uma necessidade para aumentar a demanda
Essa dica é dedicada para os momentos de sazonalidade negativa. Para vender mais em tempos de baixa demanda exige criatividade para enxergar as oportunidades do mercado. Pense em novas maneiras para promover os produtos fora do seu período de maior venda.

Por exemplo, crie combos para impulsionar as vendas e mostre ao seu cliente as vantagens que pode ter se comprar o produto naquele momento.

Conhecer a sazonalidade dos produtos influencia nas vendas e no faturamento do estabelecimento. Esteja atento e aproveite as oportunidades dos períodos de alta sazonalidade para aumentar as vendas. Tenha um bom controle de estoque para não frustrar os clientes que estão em busca dos produtos e faça um bom atendimento para garantir a fidelização. Em períodos de sazonalidade negativa, diminua o estoque e pense em alternativas para promover os produtos e aumentar a demanda.

Como vimos, períodos de sazonalidade negativa também podem acontecer durante a crise. Por isso, que tal descobrir como melhorar as vendas do seu estabelecimento em tempos difíceis?

Deixe um comentário:

Newsletter

Receba todas nossas novidades